sábado, 28 de março de 2020

Xangô, Oxóssi, Covid 19 e Evolução

No final do ano passado, seo Beira Mar confirmou que este ano seria regido por Xangô, mas nosso terreiro além desta influência teria Oxossi na frente. A Umbanda nos dá sinais sepre que nos dispomos a ouvi-los e a observar os sinais. 
Quem em sã consciência, neste distanciamento de tudo e todos não está aproveitando para pensar em suas prioridades também na fé? O Papa falou em seu discurso neste dia 27 de março "Enquanto os discípulos naturalmente se sentem alarmados e desesperados, Ele está na popa (Jesus), na parte do barco que se afunda primeiro… E que faz? Não obstante a tempestade, dorme tranquilamente, confiado no Pai (é a única vez no Evangelho que vemos Jesus a dormir). Acordam-No; mas, depois de acalmar o vento e as águas, Ele volta-Se para os discípulos em tom de censura: «Porque sois tão medrosos? Ainda não tendes fé?» (4, 40).

Ano de Xangô e quem cumpre o veredito é Yansã: pelo ar caminha a Covid 19 e nos falta ar no pulmão, seja pela enfermidade ou pela ansiedade. Precisamos mesmo saber o nome de nossas entidades? Precisamos mesmo de um terreiro monumental? Precisamos mesmo de cargos e falsos poderes dentro do terreiro?  Mais uma vez me refiro ao que o Papa falou e a energia de Yansã  "
A tempestade desmascara a nossa vulnerabilidade e deixa a descoberto as falsas e supérfluas seguranças com que construímos os nossos programas, os nossos projetos, os nossos hábitos e prioridades. Mostra-nos como deixamos adormecido e abandonado aquilo que nutre, sustenta e dá força à nossa vida e à nossa comunidade. A tempestade põe a descoberto todos os propósitos de «empacotar» e esquecer o que alimentou a alma dos nossos povos; todas as tentativas de anestesiar com hábitos aparentemente «salvadores», incapazes de fazer apelo às nossas raízes e evocar a memória dos nossos idosos, privando-nos assim da imunidade necessária para enfrentar as adversidades.Com a tempestade, caiu a maquiagem dos estereótipos com que mascaramos o nosso «eu» sempre preocupado com a própria imagem; e ficou a descoberto, uma vez mais, aquela (abençoada) pertença comum a que não nos podemos subtrair: a pertença como irmãos."

A Umbanda precisava parar. Não pelas pessoas que buscavam sua ajuda, mas pelos médiuns que a oferecem. Saber praticar o que se aprende dentro do terreiro é mais importante que qualquer coisa. Fé, amor e caridade nunca foram tão necessários. 
Embora parados , Ogum vem forjar nossas mentes com pensamentos que são lapidados dia-a-dia. A partir disto surgirá a nova Umbanda. Oxossi não só trará a cura das matas, mas como grande caçador de almas disponibilizará suas armas para o verdadeiro fiel.
O verdadeiro fiel de umbanda tem dúvidas sim, afinal é isso que o mantém saudável e o ego longe. O verdadeiro fiel se importa com a sua disponibilidade na obra, muito mais do que a incessante vontade de nomear e descobrir todos os segredos instantaneamente e sem fundamentação. 
A Umbanda , como semre falei , vinda da natureza está sujeita a evolução contínua. Umbandista escolha este momento para repensar  a forma como quer praticar sua caridade.
Tenho sido procurada para saber que tipo de entrega é possível nestes tempos. Falo a todos que a entrega necessária é a da atenção ao que a OMS - Organização Mundial da Saúde- nos apregoa e dispensarmos um tempo aos estudos e observação. Mais uma vez coloco um pedaço do texto do Papa Francisco "Chamas-nos a aproveitar este tempo de prova como um tempo de decisão. Não é o tempo do teu juízo, mas do nosso juízo: o tempo de decidir o que conta e o que passa, de separar o que é necessário daquilo que não o é. É o tempo de reajustar a rota da vida rumo a Ti, Senhor, e aos outros. E podemos ver tantos companheiros de viagem exemplares, que, no medo, reagiram oferecendo a própria vida. É a força operante do Espírito derramada e plasmada em entregas corajosas e generosas."
Seja um bom umbandista. Prepare-se, muitos serão os espíritos que usarão seu corpo como intermediario  da cura para os que nos procurarem. Quanto a mim, dirigente da Tenda de Umbanda de Yansã e Ogum Beira Mar, estou reformulando nossos rituais e repensando também para evoluir.  Abaixo deixo o link da nossa casa, se precisar de nós é só enviar mensagem. Axé!

https://www.facebook.com/Tenda-de-Umbanda-de-Yans%C3%A3-e-Ogum-Beira-Mar-370162743376104/

sexta-feira, 6 de março de 2020

Vida Consciente!

Meu vizinho plantou milho e abóbora. Não para vender nem necessariamente usar, mas porque gosta de ter plantação. Te digo que às vezes as pessoas fazem as coisas sem um sentido muito lógico.
Pois bem ,no meio deste milharal há algumas espigas pretas. Lógico que fiquei com vontade de provar,mas o gosto é de milho normal e comum. A verdade é que o vizinho fez uma coisa pra ele que afetou a vizinhança, pelo menos no que tange a curiosidade.
Ah, senão fossemos curiosos teríamos sido extintos há muito tempo. Justamente porque quando se fala de natureza não tem como não falar de evolução. Para evoluir temos oportunidade de ter várias "encarnações" numa só vida. Você tem a oportunidade de contar como foi sua "encarnação" na infância, na adolescência, nas várias fases que temos na vida adulta.
O espírito tem que evoluir e vai buscar meios disto. Tenho lido vários relatos de pessoas que tiveram suas vidas mudadas depois que entraram para Umbanda, as vezes melhor ou pior, mas mudaram. Não posso afirmar que isto ocorra em outras religiões ,mas na minha  é certo que ocorre. Desde que entrei nesta egrégora posso afirmar que nos momentos bem tensos da nossa vida, aqueles que agente precisa tomar uma decisão, há um silêncio constrangedor por parte dos guias.
Nossas decisões têm a ver com nossa evolução. Não só na Umbanda, mas em tudo. Estes dias vi um meme que dizia: vou ouvir a opinião de todo mundo e seguir aquela que fale o que eu quero fazer. Engraçado ,mas real. Meus queridos nós precisamos da distância e de um certo isolamento para evoluir. Mais ou menos como trocar a pele, no mundo animal.
Há algo que nos conduz. Use o nome que quiser. Só não seja hipócrita. Só a sua vida, sua evolução tem a ver com você. A do outro PERTENCE ao outro. Certa vez ,aos quinze anos, resolvi que meus pais tinham que se separar porque minha mãe sofria demais. Fui atrás de advogado, falei incessantemente com todos. Até que um dia ouvi da minha mãe, chorando, que eu queria separá-la do meu pai. Fiquei em choque. Não me meti mais e sempre penso nisso quando meus filhos interrompem minhas discussões com meu marido: eu tenho o direito inalienável de me defender ou não.
Você pode pedir conselhos a entidades, aos pais, até para o motorista do Uber, mas é você quem decide o que fazer. É prerrogativa sua. Mas não vá você dar pitaco na vida dos outros se não tem experiência de vida pra isso. Vou te dizer que eu , talvez pela experiência de Terreiro sinto as pessoas e sinto a necessidade de mandar mensagens às vezes, meus filhos de corrente sabem bem disso. Falar o que o outro deve fazer, em tom autoritário, corresponde a sentar na frente da entidade e dar lição de moral a quem sabe mais que você.
Dizer a um dirigente espiritual o que ele deve ou não colocar em seu ritual é uma das coisas mais arrogantes e desnecessárias nesta vida. E não podemos desperdiçar vida. Isto é um real pecado: gastar nosso tempo com coisas que não nos dizem respeito, não dizem respeito à nossa evolução.
Médium consciente é aquele que sabe que está em constante evolução, que este evoluir depende somente dele e de suas observações, que faz parte de uma egrégora que também está evoluindo, mas que seu papel individual com seu próprio valor, também como cidadão e ser humano, é imprescindível. Entendimento é essencial. Saravá!

terça-feira, 31 de dezembro de 2019

2020 Faremos Contato

Resultado de imagem para 3 correntes da filosofia da mente
"Não sei se incorporo de verdade. Pode ser coisa da minha cabeça. Como sei se estou mesmo incorporado?" Creio que estas são as frases mais usadas na umbanda. Fora logicamente a tenebrosa: "acho que fizeram algo contra mim." Todas são necessárias, pois imprimem uma caracteristica de bom senso as incorporações. Mas de fato você sabe o que é estar incorporado?

Primeiro que nenhum espírito toma seu corpo. Isso é Hollywood embora possa de fato acontecer. O que é tomada é sua consciência. Médium inconsciente é aquele que não estuda. Antes de estudarmos as entidades e termos curiosidades como saber seus nomes  e funções temos que saber algo muito mais complexo: o que é nossa mente.
Você já parou para pensar sobre o modo de ser da mente, sobre a natureza dos estados mentais e sobre a consciência? Talvez este seja um pequeno passo dentro da Umbanda ,mas um enorme avanço no seu entendimento. A mente é uma coleção de pensamentos e sentimentos particulares ou é uma entidade superior a estes? Você que está lendo isto vai descobrir que sua cabeça - se os pensamentos estiverem localizados no cérebro mesmo- é uma caixa de pandora.
Quem diz que você não esteja incorporado a uma outra consciência neste exato momento? A grande ilusão do umbandista é pensar que estar incorporado é fazer coisas comuns a entidades dentro do rito. Agora pasme : se você estiver tendo idéias firmes, concretas e sem questionamento das duas uma: ou você está tendo uma revelação ou está com obsessor. Seu cérebro meu amigo forma idéias que são pensadas e questionadas, produtos prontos só nos processos de estudo.
Estamos todos numa grande rede. Vejam o caso do matemático Srinivasa Ramanujan, adepto do hinduísmo e admirador da Deusa Namagiri o Espírito que transmitiu-lhe os conhecimentos matemáticos. Ele dizia "Uma equação não significa nada para mim a não ser que expresse um pensamento de Deus." Ora meus caros ,Ramanujan vivia em constante incorporação. Não é possível que uma pessoa tenha tantos pensamentos precisos e escreva milhares de formulas no começo do século passado sem ter uma experiência de conexão com outra mente superior a sua. Não estou tirando o mérito da inteligência de Ramanujan, pois em solo árido não se semeia. Estou falando para você que seus pensamentos são redes abertas. E volto a falar do computador quântico da Google aqui , que nada mais é que um simulacro da nossa própria mente.
Tem o lado Divino ,mas também tem o lado sombrio como tudo. Se idéias de fracasso, morte e terrorismo assolam sua cabeça também há algo te direcionando. Está na hora de tomar este leme.
A grande prova meus queridos que há uma incorporação à sua cosnciência, seja dentro ou fora da Umbanda, é justamente a invasão de idéias prontas e fixas, sem questionamento. Ramanujan poderia ter ficado quieto? Poderia sim. Mas ele decidiu divulgar estes pensamentos porque acreditou neles e definiu como bom para a humanidade. Algumas pessoas poderiam se livrar  de seus obsessores sozinhos? Poderiam, mas concordaram com eles. Aí está o livre arbítrio. Orai e vigiai noite e dia seus pensamentos. Feliz 2020.

Este link te levará ao filme da vida de Ramanujan: https://www.youtube.com/watch?v=JrMSaAELYkc

sexta-feira, 27 de dezembro de 2019

Orixá Regente 2020


Adorei trabalhar nas ruas, pelo menos no aspecto de observação do ser humano. Você até pode pensar que isso não tem a ver com Umbanda, mas tem e muito. Fora a necessidade de ter dinheiro, o exercício de estar em um lugar que se encontra muita gente realmente humilde é importante. Já te digo que não é num terreiro que você vai encontrar gente assim.

Drogados, desolados, desesperados estão nas ruas. E um ajuda o outro. Muitos me pediam pra não andar com tanto peso , que não compensava. Muitos quiseram dividir sua comida e até "gole" me ofereceram. Sem saber meu nome e nem desconfiar que eu sou mãe de santo.Só por estar ali ralando, tivesse chuva , frio ou sol.
Vi coisas terríveis também.Numa loja onde pedi água não  deram porque estavam atendendo um cão perdido e eu quase desmaiando. Noutra situação, uma mulher teve um AVC no ônibus e das mais de cem pessoas ali só três ficaram com ela- eu e mais duas até o resgate chegar.Em outra linha uma senhora desmaia e absolutamente ninguém levanta ela e eu saltando em meio as caixas que estava - e ainda escuto a gracinha que ninguém ajuda - mas a pessoa também não levantou um dedo.Não sou melhor que ninguém- muito pelo contrário- mas tenho estado nas ruas e aprendi com esta gente que ajudar é natural.
Seo Beira Mar na última gira viu pelas conchas que 2020 em nosso terreiro é ano de Oxóssi e no geral haverá influência de Xangô. Não vá pensando que vou falar que a justiça será feita e todas estas coisas moralistas que se fala com relação a este Orixá. Ele rege a Lei e a Lei vai ficar mais clara.
Não sei se é do conhecimento de vocês, mas o Google está bem avançado no seu projeto do computador quântico. Significa que uma conta complexa hoje feita no computador mais rápido que demoraria dez mil anos para ser finalizada no novo sistema seria feita em segundos.
Isto só será possível porque o sistema binário - aquelas coisinhas representadas pelo 0 e o 1 - passam a considerar -grotescamente falando- que o sistema pode funcionar com 0 e 1 ao mesmo tempo no mesmo lugar.
Uma religião não é uma ciência. Ela se baseia na fé e a fé é a crença em coisas não palpáveis, comprováveis. Mas creio que ela precisa de evolução tanto quanto a ciência. Xangô nos chama a interpretar a Lei que nos mostra e entender a sua aplicação. Na ciência e na fé se você não tiver uma ente aberta será apenas mais um alienado que não socorre ninguém , não estende a mão.Dirigente que não te explica nada ou pelo menos não te diz que não sabe responder sua pergunta e vai atrás da resposta se enquadra no mesmo quadro tenebroso.
Uma filha minha de corrente ontem me dizia que eu consigo "cruzar linhas" dentro do terreiro sem nenhum problema.Fiquei pensando nisso. Ora incorporada e deixando as coisas realmente por conta das entidades tudo é possível quando a meta é uma só dentro do terreiro: cura.Cura do atendido, dos médiuns, minha.Evolução meus caros é a meta da cura.
Como médiuns temos que melhorar nosso processador interno. Dirigente é o facilitador da sua evolução. Pergunte, observe, evolua. Kelly não cruzamos linhas , estamos no mesmo sistema da Google, resolvendo mais rápido. A Tenda de Umbanda de Yansã e Ogum Beira Mar está aberta ao novo temo e a médiuns desbravadores do amor,compaixão e fé! Feliz 2020 a todos!

Dedico este texto a duas pessoas que superaram a si mesmas este ano e acabaram por evoluir a todos os que os conhecem: Camila Fabro e ao Luan!



sexta-feira, 9 de agosto de 2019

A Sereia na Praça



Cansada, resolvi sentar num banco de praça, que estava bem mvimentada. Começo de mês em qualquer cidade sempre tem feira e ali não era diferente. Chega próximo de mim uma senhora simples e começa a escolher numa banca panos de prato. Começa a tocar uma música da Madonna e a senhorinha dispara: "You know that we are living in a material world.And I am a material girl". Juro que fiquei surpresa.Seria ela uma material girl da terceirsa idade, ou estaríamos todos envelhecendo com nossos ídolos musicais?


O fato é que nessa vida tudo me faz fazer uma corrrelação com a Umbanda. Quem de nós não se sente cansado as vezes e pensa: hoje eu não vou para a gira! To cansado de fofocas, de intrigas, de falta de atenção e de tantas outras coisas pequenas que não fazem parte do que acredito. Por mais que se fale isso, lá está você de novo na gira e como a surpreendente senhorinha que canta Material Girl, as entidades nos surpreendem cm palavras e atitudes.


Umbanda é pronto socorro da alma! Nosso corpo pode estar cansado, mas a alma que o movimenta sempre será jovem, e portanto, apesar de estar sujeita a erros ,terá sempre animação e fé. É preciso entender com humildade nosso chamado para esta maravilhosa religião.


Somos e seremos testados, dentro de um terreiro, sempre. Nossos guias estarão sempre a postos para nos ensinar. Mais uma vez falo: um terreiro é um organismo vivo, é preciso cuidar dos pensamentos e atitudes.Não é fácil ser médium.


Muitas vezes vejo médiuns reclamando de "ataques espirituais" injustificados. As vezes crêem que são tão do "bem" que o "mal" os está atacando. Precisamos além do banho de ervas , fazer um exame de consciência: estamos agindo de acordo com que a religião nos pede? Nossa fé é somente na justiça aos que nos fazem mal e no mal que provocamos ´somos imunes? Estamos nos esforçando em não julgar, em tentar compreender o próximo? Estamos exercitando a empatia ou a arrogância?


Médium de corrente está ali para servir a espiritualidade e com isso se curar de suas mazelas espirituais. Nada mais. Tem gente que acha que tem super poderes, mas o único super poder mesmo é o de se curar , se tiver humildade de escutar seus guias.


Cada um de nós tem um caminhar e uma estrada. As dores e as alegrias diferem de uns para outros, mas existem e devem ser respeitadas. Assim como toda e qualquer entidade deve ser respeitada. Jamais chamei a atenção deles, sou infinitamente inferior no conhecimento e no bem que trazem a esta terra. Porisso aprendam a agradecer , quem é grato se engrandece. E quem como a senhorinha da praça, quem canta seus males espanta: "O mar serenou quando ela pisou na areia....." Saravá!

sábado, 27 de julho de 2019

De Fadas e Anjos

Sininho não é fácil. Era só alguém dizer que não acreditava em fadas e lá ia ela dar rodopios e desmaiar, era preciso bater palmas pra fazer a fada reviver. Coisas de fada.
Se você é umbandista , em algum momento vai perguntar : mas anjo da guarda precisa mesmo de vela? Já que é uma expressão do Ser Divino, realmente é uma pergunta pertinente. E Orixás precisam de velas? E entidades?
Somos todos cheios de rituais, meio como a Sininho. Não sei se fadas precisam de palmas para reviver mesmo ou se elas inventaram isso, para ver nosso desespero. O fato é que você bate palmas e pronto.
Há em nós todos uma necessidade imensa de saber os porquês, é muito mais fácil organizar a vida assim. Creio mesmo que seja pré requisito para evolução. Eu tenho minhas teorias pessoais, para organizar este caos em que nos metemos ao reencarnar: o Divino em sua imensa Sabedoria nos deu a todos o dom de buscar evolução. Encarnação após encarnação evoluímos para depois retornarmos a Ele, de onde Seremos Um só. Ora , para isso ocorrer de forma correta, sem interferencias temos que ter proteção.
Seres da natureza tem proteção (os elementais), pessoas têm proteção (anjos), instituições têm proteção, idéias têm proteção. Proteção em razão da evolução. Evolução para retornar ao lar maior e melhor. E isso meus caros não tem a ver com as noções de moral que temos, de bem ou mal, tem a ver com  processo evolutivo.
Acender uma vela é algo mágico. Envolve nossa concentração, nossa energia, nossa fé. Precisa da vela? Se não estiver concreto em nossa frente nossa intenção. se não nos movemos, se não há ação , não conseguimos sentir esta interação com o Divino. E se você pensar há todo sentido nas igrejas onde oram gritado - não que o Divino seja surdo- mas as pessoas as vezes não conseguem controlar seus pensamentos e aí é realmente preciso gritar para se ter um certo controle no propósito.
"O Todo é Mental", está lá no Caibalion, Hermes Trimegistro. Ora se o Todo é mental , nós somos também - nem tem como dissociar. Temos que estar atentos, observando o que nos move, o que nos motiva ou nos atrasa.
A magia Divina está no entendimento que só podemos lidar com nossa própria proteção, manipular a proteção do outro não é só proibido como é magia negra. Ao acender uma vela foque em sua luz, seja luz e ouça as palmas! Saravá! 

domingo, 28 de abril de 2019

La Violetera


Resultado de imagem para plantasVendo plantas nas ruas. De loja em loja, carregando caixas, esteja sol ou chuva. Embora seja desgastante , tem muita coisa a ser aprendida nas ruas. Ensino o que sei sobre plantas, as pessoas me ensinam sobre o que são. Uma das coisas mais importantes que a Umbanda ensina é observar. Observando você aprende e cresce, inevitável. Ontem assistindo uma conversa de um pai de santo em um terreiro, ele pregava sobre a importância do que você vivencia, para poder saber como se faz e até mesmo, mais tarde , ensinar. Me dei conta que hoje se aproveita muito pouco o que vivemos.
Num terreiro você não tem tempo para olhar no celular. E se é médium novo, há muita coisa a se perceber. Quando se dá conta está ali a quatro horas ligado no presente, prestando atenção aos gestos e palavras. Sinceramente, em qual outro lugar você está realmente ligado no que está acontecendo por tanto tempo? A mente divaga muito entre passado e futuro e é dificil aprisionar num momento agora.
Voltando às minhas plantas , mesmo quem não as compra sorri ao vê-las. A beleza da diversidade da Flora é realmente cativante, poucos são os que não se comovem – mas são exatamente estes que me preocupam. Não estar sensível a vida é algo sempre preocupante. Todos os dias ando pelos mais diversos lugares da região metropolitana, são paisagens incríveis, formatos, cores que me entrego a viagem de estar ali. Dentro do ônibus uma legião de cabisbaixos entretidos na rede dispensam a vida lá fora e seguem pessoas. Triste .
Quando nos limitamos nosso olhar há uma mutilação na alma. Não acho a rede de toda ruim, me aproximou de muita gente, me fez ver novos universos, trouxe de fato conhecimento. Como o que realmente se quer dizer vem depois de um “mas”, mas eu acho que não se deve ficar logado 24h.
As suculentas e os cactos fazem parte da minha restauração. Eles se desenvolvem com muito pouco que é oferecido. Uma planta contemplativa da vida, na aridez do tempo. Há algo nelas que realmente encanta, acredito mesmo que possuam uma magia própria que nos fascina. Talvez seja nossa alma dizendo: olha só esta vida frágil , se ela consegue você também.
Alguns umbandistas acham que é fácil e mágico ser médium. Alguns terreiros onde não é necessário fazer nada, facilitam este tipo de pensamento. Não é moleza aprender o que nossa religião oferece para nossa evolução. São horas e mais horas de ouvir entidades, ver incorporações, milhares de velas acendidas, intermináveis flexões para bater a cabeça para que num momento você comece a perceber como as coisas acontecem de fato.
Se você acredita numa Umbanda caritativa, com amor e como nos é passada nos parâmetros do Caboclo das Sete Encruzilhadas, vai se surpreender ao começar entender que em alguns lugares as coisas não são assim. Acredito que alguns umbandistas tenham assistido Game of Thrones demais, pois criam coisas surreais em batalhas por poder e dominação. Lembre-se sempre que Umbanda de verdade é aprendizado, cura e evolução. Resista! Axé!