domingo, 21 de novembro de 2010

Magia

Tinhamos um terreno grande quando pequenos. Éramos em quatro irmãos e a diferença de idade entre um e outro não era maior que um ano. Então, um dia meu pai resolveu ocupar uma parte do terreno com canteiros. Eram muitos e eu lembro disto. Preparávamos a terra, plantávamos ,regavamos e colhíamos. Devia haver uns quarenta. Serviço que ocupava grande parte de nosso dia . Gostava muito daquilo.Talvez isto tenha grudado em minha genética e meu filho do meio adora plantar. Tanto, que mesmo morando em um sítio, as janelas da minha cozinha estejam cheias de vasos com pés de feijão dentre outras plantas.
Lembrei-me disto porque fiquei pensando sobre as coisas que nos impomos a fazer, quase que mecânicamente, e outras que fazemos porque estão irremediavelmente ligadas à nossa alma. Só há algo , uma necessidade, que nos une a todos: a necessidade de aprender.Não o que é necessariamente ensinado nas escolas. Aprender os caminhos que nos levam a felicidade, seja lá onde achemos que ela está. A porção do Divino que cabe neste espirito que vos escreve é o do Orixá Yansã, então meu nível de curiosidade é meio alta, embora meu discernimento não seja tão grande quanto à alguns fatos desta vida.
Esta semana foi uma daquelas em que tive o prazer de aprender muitas coisas. Uma delas é que Umbanda não é para qualquer um. E falo da Umbanda, porque é a minha religião, mas entendo que as outras devam ser assim também. E sabe por quê? Porque amor não é pra qualquer um . Ele exige um certo esforço e comprometimento. Onde não há amor proliferam todos tipos de coisas contrárias a ele:  tristeza, ódio, mágoa, e por aí afora, porque o amor é uma energia que vibra tão fortemente que para rebate-la é necessário muitas energias contrárias como estas que citei.
Um amante da vida é aberto ao conhecimento, e , com isto, não quer dizer que a pessoa seja alienada aos problemas.  Nem que seja perfeita. afinal somos seres em fase de aprendizado neste planeta. Amor é uma grande magia, pois não o entendo ainda na totalidade. A pessoa que incorpora o Amor Maior não consegue mais se livrar, o que me alivia muito.
A Umbanda trata de criar campos de energia.E olha o Pai Fernando precisou me falar isto esta semana talvez pela milésima vez. Entendi de fato desta (fique aliviado viu painho?) e acho até que por ter entendido definitivamente, entendi uma série de outras coisas ,ou pelo menos consegui entendê-las ao adquirir conhecimento. Para criar campos de força efetivos , temos que primeiro nos aprimorar, gerar energia compatível com a pureza dos elementos da natureza. As entidades vem só nos trazer elementos para que cultivemos o amor em nós mesmos, este que será partilhado nas giras deste mundo sem porteiras.
Precisamos a coragem dos índios. Vi um documentário à tarde sobre eles.Um índio no meio da floresta contando sobre uma caçada à noite. Diz que de repente sentiu uma dor no estômago: poderia ser feitiçaria.Ou fome. Esperou sem ter medo. Era fome.Isso é um grande ensinamento: paciência que nos dá o equilibrio de ver a verdade , é coragem.
Precisamos da humildade dos pretos. No livro Grifos do Passado, Pai Fernando Guimarães conta que Pai Maneco é um grande protetor das doceiras, porque ele acredita que elas tragam felicidade às pessoas. Vou confessar que cada vez que faço doce de abóbora aqui há pequenos pontos de luz pela casa toda.Todo mundo fica feliz.Humildade de reconhecer a beleza das pequenas coisas que fazem toda a diferença.Talvez aí na sua memória existam memórias de canteiros também como os que fiz quando criança, de doceiras e aconselho a lembrar deles em momentos difíceis.
Todas as crianças na Umbanda quando descem batem palmas. Nunca entendi isto de fato, até achar este pequeno texto que posto abaixo do professor de Amor Léo Buscaglia (isto mesmo, ele dava aulas sobre o Amor numa universidade da Califórnia, teria sido um grande Umbandista). É um texto que revela a essência do que os erês vem nos trazer:
 "Sempre que estou decepcionado com meu lugar na vida, eu paro e penso no pequeno Jamie Scott.
Jamie estava disputando um papel na peça da escola. Sua mãe me disse que tinha procurado preparar seu coração, mas ela temia que ele não fosse escolhido.
No dia em que os papéis foram escolhidos, eu fui com ela para buscá-lo na escola. Jamie correu para a mãe, com os olhos brilhando de orgulho e emoção:
- Adivinha o que, mãe!
E disse aquelas palavras que continuariam a ser uma lição para mim:
- Eu fui escolhido para bater palmas e espalhar a alegria! "

Tem pessoas que você olha e sabe o que o amor está impregnado nelas de forma irremediável. Podem não estar bem todos os dias, mas um sorriso, que você sabe que vem lá do fundo da alma já te alimenta.Já falei aqui e torno a falar. O primeiro ponto riscado da Umbanda tinha um coração, simbolo mundial do amor. Não era à toa.

Se você apesar de tudo se acha também um escolhido e mesmo sem entender todos os mecanismos do amor leia e participe: Blog World Cicle: ONDE O MUNDO NUNCA PÁRA: CAMPANHA CRACK NEM PENSAR! http://t.co/cFQ1O72

Acessem o novo site do Terreiro do Pai Maneco: http://www.paimaneco.org.br/

22 comentários:

  1. Você escreve tão bem! Amo seus textos!
    Beijos :)

    ResponderExcluir
  2. Não há duvidas, parece que alguns efetivamente evoluíram para a luz, e podem transitar em seu caminho de forma leve e carregando energia em muitos corações.

    Acho que achei uma delas,
    obrigado por ser minha amiga

    ResponderExcluir
  3. Concordo com você,na necessidade de sermos amor,propagarmos o amor. Nossa grande magia é a vida, nela contem todos os ingredientes para sermos melhores, para o mundo ser melhor. Pra nós e para outras gerações. Como você disse, as religôes não saopra qulaquer um, temos que seguir aquela que vivemos efetivamente e acredito que o amor e a paz, com nossa ligaçãoa seres de luz, a Deus, cria uma égregora perfeita. Sejamos essa energia, nos dando como sementes, a transformar o micro mundo, o macro mundo. Se assim for,acredito que a magia de viver, de sermos partes integrantes da vida está completa. evoluir sempre, e buscar...espero estar no caminho, seguindo no que creio, somando forças na sua crença e nas demais.
    Paz e luz!
    Anderson!

    ResponderExcluir
  4. Olá amiga. No momento sou suspeita pra falar, estou inundada de amor com a chegada de Manu. Na carta de S. Paulo aos Corintos está escrito que sem amor nada do resto importa...O amor acompanha ombro a ombro qualquer outro bom sentimento, eles estão inseridos no conceito do amor incondicional. Toda fé que pregar isto é certa, ou correta (não sei bem como dizer isto). É preciso fazer isto com generosidade, caridade e solidariedade repartindo este amor. A felicidade está na nossa capacidade de amar. Deus te abençoe sempre por escrever tão lindamente e de maneira tão simples. Isto é magia e amor! Bjo

    ResponderExcluir
  5. Se me permitir responder com uma frase em inglês, em que citarei uma canção dos Beatles, eu direi que All we need is love. Tudo que precisamos é amor, mas também saber como dar este amor de forma simples e sem esperar nada em troca.

    Muito bacana esse post.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  6. saravá o amor, hermana!
    e saravá MUITO!

    bjojbo

    ResponderExcluir
  7. "- Eu fui escolhido para bater palmas e espalhar a alegria! "

    Carinho... Ao seu coração.
    :)

    ResponderExcluir
  8. Ahh q lindo!
    Sem dúvidas existem seres iluminados...
    E os seres com pouca luz q se quiserem e tiverem vontade poderão tbm bater palmas e espalhar alegria.

    Eu sempre falo que a vida é feita de opções.
    Você pode escolher ser o que vc quer ser.
    Então vc pode escolher ser o q vai pater palmas ou apenas aquele q ouvirá essas palmas.

    O q importa é ser feliz, seja como for.

    Adorei o site que vc passou "Não ao crack" Crack nem pensar mesmo! Muitos jovens estão perdidos...

    Bjx
    @Vampireska

    ResponderExcluir
  9. Paciência e amor são os elementos que transfomam e dignificam a vida.
    Abçs.

    ResponderExcluir
  10. Olá Andréa, simplesmente demais o texto aborta um tema muito delicado, a luz de cada um, a evolução do espírito que cada indíviduo tem, mais não conseguiu alcançar ainda, palavras bem pensadas e ditas no tempo certo eu tenho certeza que conseguiremos iluminar esse Mundão que é enorme e pequeno ao mesmo tempo, Andréa quero desejar sorte a nossa caminhada contra essa terrível epidemia que o #CRACK está se tornando mais tenho certeza que o mínimo que fizermos está encaminhando a humanidade para um futuro melhor, nossos filhos e netos, Namasté.

    ResponderExcluir
  11. Me emocionei com a leitura deste texto! Uma lição! E terminei-o batendo palmas, amiga! Beijooooooooooos...

    ResponderExcluir
  12. Belo texto! Esse blog é bom, que joga por terra todo o preconceito e perseguição que existe contra o umbanda e o candoblé. Parabéns pelas abordadens. Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Obrigada mais uma vez deu luz ao meu dia ...
    É sempre muito edificante e um aprendizado e tanto ler os teus textos. Deus te ilimune sempre e MUITOOOO!!
    T amuuuu, amiga

    ResponderExcluir
  14. Olá Andrea parabéns pelo post. A vida e um aprender continuo, e quando temos a consciência de sermos eternos aprendizes aliviamos nossos próprios fardos. Tem gente que acha que depois desta vida seremos transformados em "Santos", mas estou aprendendo que como somos agora seremos para toda eternidade, então chego a conclusão que a hora de tentar ser o melhor possível e agora, ser o melhor aqui para ressoar na eternidade. "O meu papel no teatro da vida e melhorar sempre" e com isso distribuir sorrisos.

    ResponderExcluir
  15. Amiga, hoje seu texto me tocou de uma forma diferente das vezes que leio os outros tantos escritos magistralmente por você.
    Fiquei mais leve, você tem o Dom de fazer isso com as pessoas, e só tenho a agradecer por tê-la como amiga, conselheira, mainha, e muito mais.
    Realmente meu coração está diferente de quando comecei a ler, não me pergunte o porquê, nem eu sei ao certo.
    Obrigada minha amiga!
    Beijos e amo você!
    Carla Flores

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Eu tenho tentado tem algum tempo já viver com amor, trazê-lo prara minha vida, fazer as coisas com amor e prazer.
    Sentimentos como gratidão, respeito, cuidado, são os que eu estou cultivando nos meus canteiros, e tenho me deliciado com o aroma de suas flores, que entram pela minha casa e refrescam meu ar. Dessa forma tenho tentado viver na vibração de meu pai Oxaguiã, que orienta minha vida.
    Texto lindo! A veracidade com que você se expõe é tocante, parabéns!

    http://vazaante.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. "O primeiro ponto riscado da Umbanda tinha um coração, simbolo mundial do amor. Não era à toa."

    Muito interessante o texto, a frase é perfeita!

    ResponderExcluir
  19. FRANCISQUIiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiinha!!!!
    vou RE aprender com ELE.... http://www.youtube.com/watch?v=jCXc38uIkKs ...metade acabei de aprender com suas LETRINHAS ....UH! \O/
    ãããããããããã...e vou tentar cultivar CEBOLINHA.....daqui umas CENTAS encarnações VOU ESTAR pronta para as TULÍPAS.....quero encontrar vc em todas elas ....e sempre agradecer.....

    MUUUUUUUUUITO OBRIGADA!!! obrigadíssima ! OBRIGADONA ! thanks! thank you so much! thanks a lot!!! O - BRI- GA - DA !!!!

    ResponderExcluir
  20. Boa tarde querida Andrea,

    Enfim, tive uma semana super corrida, mas arranjei um tempo pra visitar seu blog, que gosto tanto!

    Bem, pessoas que nós sentimos que têm um amor imenso no coração e que nos transmitem mensagens de paz não são muitas, mas uma dessas pessoas é você, Andrea.

    Acredito que o ser humano está na terra de passagem, e que, através das nossa encarnações, nós vamos progredindo até poder atingir a perfeição.
    E não acho que o ser humano se resuma apenas à 'VIDA'. Na verdade, não acredito no fim da vida, mas sim em várias vidas e várias experiências que vivemos.

    Bem, ótimo post, querida.
    Sempre me convide para ler seu blog, é FASCINANTE!

    Abraços,
    Juliana Fideles
    @juliana_fideles.

    ResponderExcluir
  21. Falou bonito, Andréa
    Brigado pela visita e comentário no blog.
    Um beijão
    Axé!

    ResponderExcluir
  22. O mundo se perdeu no compaço da vida. Hoje temos o ilustre Léo Buscaglia para nos ensinar a usar aquilo que temos no peito.

    O mundo tem o feliz e necessário Jamie, para para bater palmas e espalhar a alegria!.. e garantir o sucesso da apresentação.

    Todos nós temos uma missão importante no Universo, mas são poucos os Jamie que entendem seu papel.

    Eu ainda não entendi direito meu papel, mas quero fazer parte desse universo.

    então decidi que:

    1) Não vou mais exigir que me amem.
    2) Não farei mais questão de receber um bom dia.
    3) Não vou mais criticar, e da minha boca jamais saírá uma vaia.

    Tudo isso porque para o universo, basta que eu ame, que eu cumprimente sorrindo e que eu respeite o esfoço e dedicação alheia.

    Todo mundo tem sua escolha, Não cabe a mim questionar.

    Parabéns pelo texto

    MarquesK

    Só o Rock Alivia

    ResponderExcluir