sábado, 6 de março de 2010

Atravessando montanhas...

Neste ano o Dia Internacional da Mulher (8 de março) comemora 100 anos de existência. Momento de referência para nossa reflexão. Não se assuste pois não irei empunhar bandeiras feministas, pois deixo isto para quem tem garra para essa missão. A verdade que a condição feminina é, por vezes, massacrante mesmo, mas como fala painho nosso Carma (com "c" mesmo pois estou no Brasil) não precisa envolver sofrimento, antes temos é que ter entendimento do aprendizado.
Lindinho falava ontem que o médium que recebeu o texto onde se fala "a fé remove montanhas" estava apressado e ouviu errado. Na verdade, o que foi dito foi: a fé atravessa montanhas. Concordo pelo simples fato que a fé é uma energia sem igual e se move na busca do objeto de desejo do fiel.
Então venho falar aqui: mulheres tenham fé que ela as sustentará em sua caminhada. Mesmo que as condições sejam as mais adversas e que os caminhos indicados te levem ao ateísmo. Desejo que vocês saibam quando estão tristes ou irritadas mesmo ou quando for somente uma tpm que chegou e ninguém percebeu. Desejo que no momento que alguém vier lhe impor uma tortura mental, dizendo que você é menos, ou qualquer outra palavra que demonstre que você não tem valor, pense que ali na sua frente está uma pessoa triste e desmemoriada, pois não sabe de onde vem nem pra onde vai, e certamente não vai acabar com sua luz. Ah ,essa também é uma coisa importante: sempre tenha em mente de onde você vem e tudo que baseou a construção do seu próprio ser. Mentalize aonde você quer chegar antes de morrer e tenha um baita bom humor para rir de seus fracassos , erros e sucessos - pois todos eles são passageiros.
Uma amiga minha me disse estes dias: ai, eu só queria ser feliz e casar. Ou bem uma coisa ou bem outra, disse eu. Porque nossa felicidade depende do outro? Volto a falar aqui: nós nos casamos com os lindinhos, com nossos filhos, com nossa profissão, com nossa religião e com a gente mesmo! Mas isso é uma questão de visão.
Ai como eu queria ser como a Thereza de Marzo que em 1920 vendeu a vitrola que amava pra pagar seu brevê, apesar de toda resistência da época. Ela tinha visão de futuro e uma fé inabalável em seu coração: foi a primeira a pilotar um avião no Brasil. Quando nossos olhos se abrirem veremos coisas que não acreditamos ser possíveis, e isto serve tanto para homens como para mulheres.
Vejam o caso do pianista paulista Marcelo Bratke, que escondeu a vida inteira, 44 anos, que não enxergava.Quando finalmente operou os olhos graças a insistência de sua esposa, chegou a pedir a seu médico americano que fizesse alguns ajustes em sua visão , o qual respondeu: a vida é colorida assim mesmo! Ele conta que quase morreu de alegria. Gente isso é fé atravessando montanhas de escuridão. Um dia voltaremos a enxergar esta explosão de cores, baseados na fé que tivermos. Bom eu? Eu tenho fé em você!

10 comentários:

  1. eu tbm adorei e tnho fe.......bjo

    ResponderExcluir
  2. Poucas pessoas conseguem colocar tanta sensibilidade como forma de ligação entre uma palavra e outra. Lindo. Parabéns!

    ResponderExcluir
  3. "Desejo que vocês saibam quando estão tristes ou irritadas mesmo ou quando for somente uma tpm que chegou e ninguém percebeu. " Às vezes é bem difícil saber ao certo...
    Adorei o texto! E nossa felicidade vem de dentro, não depende do outro, embora dependamos dos outros para externá-la!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Se pensarmos bem, não deveríamos ter dias especiais para lembrar ou reivindicar qualquer direito de igualdade. No entanto a humanidade é assim. Deveria haver um dia para nos lembrarmos também de que a palavra humanidade não se define apenas como "conjunto de seres humanos", mas também como "sentimento de ser humano para ser humano". Muito já se fez pela igualdade da mulher; muito ainda falta para a plena igualdade. Homens também deveriam reivindicar o direito de ter a sensibilidade feminina. Que a sonhada e merecida igualdade da mulher se realize por meio da conquista de seus direitos e jamais pelo abandono de sua beleza, feminilidade e sensibilidade. Que jamais se tornem iguais a nós! Parabéns à mais feliz e consciente criação de Deus!

    ResponderExcluir
  5. Esses dias comemorativos, são sempre datas preconceituosas, não conheço nenhum lugar do mundo onde se comemore o dia do Homem, bonito e bem sucedido. kkkk Parece que ser abençado por deus e bonito por natureza não merece aplausos. kkkkk

    ResponderExcluir
  6. A propósito, quero flores!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  7. A fé, é o útero onde o ser humano pode desenvolver-se.
    Sem ela, não temos energia, sonhos, expectativas. Sem ela, sobrevivemos um dia de cada vez.
    A fé é responsável pela força, persistência, alegria, querer mais... Quem viu apenas uma vez o arco-íris, terá certeza da sua existência e saberá que vai vê-lo novamente um dia.
    É unicamente a fé que nos mantém vivos e curiosos, que nos faz buscar sermos pessoas melhores....
    Sem fé, não dá, não deu, não dará pra muitos!
    Axé e muita Fé!

    ResponderExcluir
  8. oi querida bom, adorei o texto, O fim nada mais é do que um novo começo, enquanto você respirar entre o céu e a Terra tudo continuará em andamento, o céu continuará tentando se expressar com plenitude através de sua presença. O restante será mutação.na minha opinião a mulher é um ser muito especial que sofreu muito com o seu dia a dia,hoje vemos que a mulher está mais independente conquistando o seu espaço mais que merecido,mae irmã filhas e mulher tenho todas para amar,parabéns pelo texto querida, beijos......

    ResponderExcluir