segunda-feira, 27 de junho de 2016

Magia, Feitiço e Mulambo

Fiquei completamente de "molho" por 4 dias.o que me restou foi programação de tv a cabo e reflexão. Aprendi duas coisas: a primeira é que tem dias que ter vários canais à disposição não quer dizer nada e a outra é que até a tv serve de sinalizador para suas idéias.
Num seriado sobre exorcismo, o padre fala que ele acha o melhor pecado o do orgulho, pois nos faz cometer erros imensos.Tem a piadinha que é melhor a preguiça,pois faz você evitar os demais, mas neste ponto nenhum religioso é pego porque religião requisita um certo movimento, principalmente a Umbanda.
Médium tem que aprender que é, antes de tudo uma testemunha constante da fé,portanto tem que ser observador e enquanto eu estiver aqui ,sempre escreverei isto, depois do desencarne mando em psicografias ou venho puxar uns pés umbandistas na madrugada.  Imagina que você está lá , de branco bonitinho e incorporado e a entidade faz um trabalho de cura que dá certíssimo. a família da pessoa vem e te agradece e puft! tá lá você, por mais que não queira, incorporando o orgulho umbandista.Basta mais umas duas curas destas e você médium foi pro beleléu se não for observador e suas entidades vão deixar,não tenha dúvida disto.Nossa tendência natural é copiar o que deu certo e atropelamos as entidades quando fazemos isto.
Pessoas podem ter problemas iguais,mas em situações diferentes, com aprendizados diferentes. O seu desenvolvimento é para aprender a conhecer a energia da entidade que você trabalha em conjunto, para que, com segurança, permita-a desenvolver seu trabalho com seu apoio e sem seus "pitacos". Resumindo: desenvolvimento não é para te dar super poderes,mas principalmente para firmar uma relação respeitosa e segura.
O orgulho nos impede de sermos canais de observação e sim só de julgamento.Há um outro lado que o orgulho te dissocie da razão. Quem demanda contra o próximo comete um erro tenebroso. Se a pessoa souber fazer bem feito, que atinja seu objetivo , só estará -de fato- fortalecendo quem deve atingir. Não são nossas vitórias que fazem com que criemos "músculos espirituais", mas é nossa coragem e determinação de superar os percalços que nos coloca numa posição bem  em frente de Zambi. Não quero dizer que você tenha que sair por aí arranjando confusão para "progredir", não funciona assim.
A vida funciona com observação. Só se pode falar que um evento é bom ou ruim depois de ter visto todas as consequências dele e isto leva um tempo. Vou contar uma das coisas mais tolas que já fiz, por conta e risco próprio-pressionando uma entidade- e por estar com pressa.Fiz cinco firmezas em cinco pinheiros, no meio de muitos outros, achei que minha proteção deveria ser feita imediatamente. Duas semanas depois caiu um raio queimando exatamente estas cinco árvores no meio de muitas.Sou filha de Yansã,não podia me mostrar de outra forma.
Há duas giras atrás um filho de corrente veio dizer à Dona Mulambo do Cemitério que tinha medo de ser pai de santo, algumas outras pessoas conversaram com ela e foi também pedido por mim. No alto da sabedoria desta alma brilhante que é Dona Maria, ela prometeu a todos auxiliar, mas do jeito dela e frisou isto. Tenho medo quando entidades frisam as coisas que dizem. Quatro dias depois adoeci, o que me deu muito tempo pra pensar e o médium que tinha medo de ser pai de santo teve que assumir meu lugar. Hoje ,segunda das almas, apareceu em cima da firmeza dela uma rosa branca, destas estrangeiras grandes e sem nenhum espinho.Poxa, me senti tão abençoada! Como amo esta Umbanda que faz refletir, reverberar o Verbo Divino. Umbanda só é possível como religião-no uso exato da palavra religamento- se há uma união tal que supere problemas e entenda que ninguém aqui neste plano é melhor do que ninguém.
Os melhores e mais profundos milagres exigem tempo, observação e fé! Saravá a todos!


Um comentário:

  1. Exatamente isso !!! Amei o texto!!! Obrigada por compartilhar!!!

    ResponderExcluir