terça-feira, 28 de setembro de 2010

Entendimento

Mamãe nós vai i a lá.... Não, não vão. Começaram mal. É o que eu sempre falo. Podem perguntar para meus filhos o que digo numa situação destas, deprimente por sinal. Quem não sabe conjugar um verbo tendo oportunidade de estudar, não vai a lugar nenhum. E “a lá” não faz parte do meu rito religioso.

Meu filho mais velho chorava porque não conseguia aprender a ler. Às vezes se recusava a ir a escola, deitando na cama e segurando o colchão fortemente.Batia um certo desespero, pois mãe de primeira viagem não tem certas manhas, mas ia de qualquer forma para a escola. Aprendeu a ler rápido até e hoje , ele cursando engenharia e querendo partilhar o que sabe, eu tenho vontade de chorar por não entender nada do que fala.

Na verdade você não aprende a ler, apreende o mecanismo da leitura. Assim como na espiritualidade você apreende o conhecimento para poder se elevar. E , como aprender a ler, mas infelizmente não no mesmo tempo, acontece num “estalo” de seu espírito. Para ficar um pouco mais fácil: um aluno do curso de Direito a principio decora as leis e estuda a aplicabilidade. Isto já é algo bem difícil. Quando ele tem o “estalo” consegue analisar um caso jurídico de uma forma tão ampla, que a aplicabilidade das leis específicas surge como num “passe de mágica”. Ser um excelente advogado exige esforço grande mental, mas também um dom natural.

Apesar de meu filho ter aprendido a ler e escrever, isto não fez dele um escritor. Como acontece com a maioria das pessoas. Assim que comecei a entender o mecanismo da escrita, comecei a escrever minhas histórias. Minha avó guardava meus escritos e no dia do seu desencarne encontrei alguns em sua casa. No dia fiquei meio chocada comigo mesma, pois havia esquecido a quanto tempo eu já possuia esta vontade em mim.

O pensamento, a vontade e a ação são itens importantes no seu desenvolvimento espiritual. Eles despertarão o seu dom, contudo isto pode levar mais do que uma vida.

Veja, você depois que apreendeu a ler bem, durante alguns anos, pode ficar vários outros sem ler que não esquecerá. Vai ser meio sofrido no começo, mas resgata o que sabe rapidamente. Assim o que você apreendeu numa vida, por seu espírito, resgatará em outras e usará na continuidade de seu aprendizado.

Perguntaram ,um dia desses, se a Umbanda crê em vários deuses. E é sempre bom repetir: a Umbanda crê em um Deus único, porém acredita que para melhor entendimento Dele sejam necessárias as energias Orixás. Deus para se esconder dos homens, como rezam muitas religiões, fez morada no coração de cada um. Acredito nisto, pois não desenvolveríamos a fé se não sentíssemos dentro de nós o Divino. Portanto cada pessoa é regida por uma energia Orixá. Esta energia estimula e guarda o dom que se manifestará através da equação pensamento+vontade+ação.

É normal se falar que uma entidade pode não atender a um pedido seu, por você ainda não ter merecimento para isto. Não acredito nisto. Creio que tenha a ver com entendimento e não com mérito. A fé é o único dom pertinente a todos. E os milagres acontecem todos os dias ,mesmo não sendo divulgados. Cada um de nós tem um para contar, mesmoque seja um dos pequenos. Como ainda estamos todos este plano, a condição necessária de presenciar mais um ,ainda temos.

Quando você está pronto o mestre aparece. Nisto eu confio.Um mestre não é um milagreiro e sim um facilitador do seu "apreender”. Levei um tempo razoável em minha vida para chegar a uma pessoa que me estimulasse a fazer as perguntas corretas e absorvê-las. Por ele, entendo hoje que a nossa elevação espiritual está relacionada não só a religião. Religião é e sempre será um meio para você apreender princípios e ter finalidades em seus atos.Elevação espiritual se obtém vivendo e construindo sua vida. Isto envolve vários setores morais e cívicos. Porque afinal estamos casados com todas as coisas nesta vida e não caminhamos sozinhos no aprendizado.

Portanto, se algo não aconteceu do jeito que você imaginava e desejava, não foi por falta de merecimento, mas com certeza por falta de entendimento. Esteja sempre atento, com o coração e a mente abertos para isso. Saravá!

22 comentários:

  1. Você escreve muito bem! Acho muito bonito que use o blog como ferramenta para espalhar palavras tão reconfortantes! Pode ter certeza que aprendi grandes coisas com seu texto! Beijos e obrigada!

    ResponderExcluir
  2. Muito coerente e esclarecedor o seu texto, minha irmã. A ansiedade para atingir certos objetivos ou alcançar certo lugar, nos leva a questionamentos que nem sempre entendemos. Só o conhecimento nem sempre é suficiente para conseguirmos o que desejamos. Precisamos adquirir também, muitas vezes através do tempo, o esclarecimento, prudência, entre outras qualidades para que possamos faz bom uso das nossas conquistas. Mais uma vez obrigado por repartir seu conhecimento conosco. Que a cada dia a gente dê um passo em direcao às nossas conquistas e objetivos. Grande beijo! Axé! ;)

    ResponderExcluir
  3. Andréa outro dia te chamei de Pro, uma de nossas amigas de Twitter me perguntou se você realmente era minha professora; não me lembro exatamente o que respondi, mas disse a ela que aprendo muito com você e por isso te considero minha "ensinadora'. Durante nossa existência passamos a maior parte do tempo aprendendo, uns aprendem para o bem, outros para o mal. Acredito que tudo na vida tem um lado que tende para o bem e outro que tende para o mal, as vezes começamos algo na melhor das intenções e quando percebemos já estamos prejudicando outras pessoas. Todas as pessoas, ou quase todas as pessoas, seja de que raça ou religião tem consciência do que é certo e do que é errado, acho que nessa consciência inerente ao ser humano é onde está o Divino, cabe a cada um de nós escolher quem nos guiará. Parabéns mais uma vez pelo texto e pelos ensinamentos.

    ResponderExcluir
  4. Não estava pretendendo comentar..Voce pediu, estou aqui. Eu concordo em gênero, número e grau com tudo que está descrito no texto, de forma elegante e gostosa, para se ler. Como sempre derramas sensibilidade ao juntar palavras para contar tuas historias. Como disse, ler pra mim sempre foi muito fácil. O problema é que quero mais, quero o entendimento e este está demorado!....Beijo querida, continue me provocando!!!

    ResponderExcluir
  5. "Religião é e sempre será um meio para você apreender princípios e ter finalidades em seus atos.Elevação espiritual se obtém vivendo e construindo sua vida." Quer maior "Entendimento" que esse??? Nada a declarar, amada! Vc já disse TUDOOO!!!
    Vc é bárbara!!!

    ResponderExcluir
  6. Amiga concordo com você! As palavras é um vício, uma necessidade de dizer alguma coisa. Mesmo em silêncio elas fluem para nossa consciência como que se libertando das amarras do não poder dizer! Gosto do seu jeito de escrever de dizer em linguagem direta, meandros da alma escondidos quase que superficial mente. A fé é uma incógnita infinita pra mim,vejo nos orixas uma resposta simples. Mas que me satisfaz e me deixa mais próximo de Deus seja lá quem ele for. Continue escrevendo esta é uma forma de transformar em palavras recados que o Divino que dizer e nos utiliza pra faze-lo. Parabéns e obrigado pelo convite @sidartareis

    ResponderExcluir
  7. Desde o início da leitura, percebi que o texto tinha muito a ver comigo.
    Essa semana vivi uma situação onde me faltou justamente o entendimento no momento em que eu mais precisava dele. E
    então questionei o merecimento e outros quesitos que nem sequer se encaixariam na situação...
    Quando desconhecemos aquilo com que lidamos, nos tornamos cegos, mas o cego desenvolve uma outra visão, a visão interior, que pode ser mais ampla e real que a visão do óbvio.
    A Andrea, que é um ser que já desenvolveu o conhecimento e o entendimento muito além de mim, tentou me chamar à razão, com palavras doces e amenas, mas eu precisava naquele momento era de uma sacudida forte, pra acordar mesmo.
    E, estranhamente, começou a ventar, ventar muito por aqui...
    Não sei explicar o que aconteceu, mas lavei a alma com muita lágrimas e fui dormir ouvindo o vento.
    Acordei com uma súbita clareza de visão a respeito de tudo. Como se o vento tivesse me sacudido, acordado e me trazido de vez o entendimento, de que nem tudo que desejamos é realmente o que nos faria bem ou nos foi destinado. Cada coisa tem seu tempo e seu momento próprios. e o entendimento disso como parte da vida e da evolução, nos traz serenidade, força e uma adulta resignação em relação à vida.
    Nem sei se estou dizendo coisa com coisa, mas estou escrevendo meio que em transe...sei que a Andrea vai me entender...e que esse comentário é mais um pedido de desculpas do que propriamente um comentário.
    Eu te amo como sempre, amiga! Obrigada pela sua enorme paciência comigo e com a minha imperfeição.
    Ainda tem um lugarzinho pra mim aí debaixo da sua asa??? Beijo!

    ResponderExcluir
  8. É isso mesmo. Nosso Eu superior sempre sabe o que é melhor pra nós e às vezes nossa vontade não passa de um desejo infantil. Como demoramos pra entender isso!!!!
    Entendimento e expansão da consciência - assuntos da casa 3 e casa 9 do zodíaco... Suas reflexões nos fazem refletir também...
    Super bjo querida!!!

    ResponderExcluir
  9. Este texto de Andrea sobre el entendimiento, la voluntad y la acción respecto de la espiritualidad de cada uno de nosotros, es lo que nos llevará a una mejor comunicación con Nuestro Creador, cualquiera sea la idea que tengamos de él.
    Quizá la búsqueda que tanto nos afana, no nos permite verla en nuestro propio interior, que es en dónde reside y de allí nuestra desesperanza y a veces falta de Fe. Por ello, sí son necesarias las energías, las positivas, claro esá, las Energía de Dios que habita en nuestros espíritus y en nuestro pobre entendimiento.
    Cuando seamos capaces de poder escuchar al corazón, tal como ese niño que aprendió a leer y entender su lectura, seremos capaces de conocer la inmensidad de esa Energía llena de Amor que Dios, deposita a diario en nuestros corazones para poder vivir y volver a Él.
    Desde Chile, Fernando Rodríguez Guzmán

    Este texto de Andrea na compreensão, vontade e ação sobre a espiritualidade de cada um de nós é o que levará a uma melhor comunicação com o nosso Criador, seja qual for a idéia que temos dele.
    Talvez a pesquisa que estamos tão ansiosamente, não nos permite vê-lo dentro de nós mesmos, que é onde você reside ea partir daí o nosso desespero e às vezes falta de fé, porque são, na verdade energia necessária, positivo, claro que a energia Deus que habita em nosso espírito e nossa compreensão pobre.
    Quando somos capazes de ouvir o coração, como a criança que aprendeu a ler e compreender a leitura, seremos capazes de conhecer a imensidão do poder do amor que Deus depositou em nossos corações a cada dia para viver e voltar a Ele. .
    Do Chile, Fernando Rodríguez Guzmán

    ResponderExcluir
  10. @Faladinhas disse:
    Amei "dimais da conta sô", está cada vez melhor e me fez pensar muito entre o merecimento e o entendimento.Vc tem o dom da escrita, de colocar sentimentos no papel. Fiquei pensando...

    ResponderExcluir
  11. Ter filho é uma questão de paciência.

    Deus está sempre conosco.
    Não importa a religião.
    E o universo conspira a nosso favor.
    Não uma questão de merecimento, é uma questão de momento certo.
    Deus sabe o que é melhor pra você.
    As vezes estamos com o foco em uma coisa que não será a certa para nós, então ele não nos dá.
    Lembre-se que Deus não nos dá as coisas, ele apenas permite!
    Mas não devemos deixar de crer nunca.
    Pq o q mais importa nessa vida é a Fé e o amor.
    O momento certo irá chegar.
    Só não podemos desistir!

    É assim q eu penso.

    Muito lindo seu texto...

    Bjx
    @Vampireska

    ResponderExcluir
  12. "Portanto, se algo não aconteceu do jeito que você imaginava e desejava, não foi por falta de merecimento, mas com certeza por falta de entendimento."

    Amei esta frase, vc tem realmente um dom muito especial, transpor para o papel sentimentos, crenças, dúvidas, questionamentos e tratar tudo isto com a simplicidade de quem enxerga a vida como uma grande escola.Obrigada por dividir isto conosco.Beijos!!!!

    ResponderExcluir
  13. Ótimo texto Andrea...
    Gostoso.... Fui junto com a historia... Vi seu filho agarrado ao colchão... rsrsr, obrigado.

    Acredito que o merecimento vem com o entendimento.
    Seja nesta vida terrena ou em passagens pretéritas por aqui, nosso esforço em adquirir entendimento nos capacita ao merecimento.
    Como alunos sentados lado a lado no colégio, quanto mais aprendemos mais merecemos.
    Nesta ótica, ter merecimento ou ter entendimento acaba por representar a mesma coisa, ou seja, o afinco no aprendizado e na aplicação do que aprendemos.

    Paz e Luz.
    @amigodoze

    ResponderExcluir
  14. "Portanto, se algo não aconteceu do jeito que você imaginava e desejava, não foi por falta de merecimento, mas com certeza por falta de entendimento. Esteja sempre atento, com o coração e a mente abertos para isso. Saravá!"

    Pois o entendimento me bateu à porta e, como te falei no TT, percebi que a carga negativa com que aqueles vencedores começaram eu não queria pra mim.

    Obrigada, amiga.

    obs> comentei ontem, mas não apareceu aqui =/

    ResponderExcluir
  15. Todo conhecimento precisa de vento. Se faz voar para que possa ser pleno. Mesmo sabendo construir aviões muitos não descobriram o dom de voar. A vida é isso. Um eterno decolar. Você voa? Acredito que sim. Beijos amiga

    ResponderExcluir
  16. A cultura adquirida é importante para nosso aprendizado. Mas também é um fator perigoso, pois aprendemos a questionar as coisas da sensibilidade.

    Uma jóia para ser rara tem que ser bem lapidada. Porém perde sua essência de rocha, perde seu valor para natureza. O único valor que resta a ela, é a do mundo dos homens.

    Parabéns pelo texto

    MarquesK

    Só o Rock Alivia

    ResponderExcluir
  17. O Deus é um só e somos todos irmãos e irmãs. Somos um quando e enquanto unidos a Ele. Independente da religião, crer em Deus é crer em si próprio; o dia que todos entendermos isso esse mundo será um lugar muito melhor, independente de sistemas religiosos, pois já estaremos religados.

    Saravá Andréa, obrigado pelas palavras de fé!

    ResponderExcluir
  18. Déia,como sempre esclarecedores seus textos.
    Visualizei seu filho abraçado ao colchão e me emocionei quando disse que hoje não entende muito as palavras q ele diz sobre engenharia.
    É preciso entendimento.Compreensão das coisas da vida,é preciso aprender a fazer as perguntas certas e estar atento ao que nos rodeia.

    ResponderExcluir
  19. Amiga,

    Falando sobre entendimento, deixe-me contar...
    Numa atitude "desentendida", equivocada da Umbanda, mas com as melhores intenções e intenso respeito, comprei um pacote de balas na segunda-feira no caminho para casa. Quase na rua debaixo de casa fica uma igreja de Santo Expedito. Aí é que entra o entendimento. Eu estava esgotada, precisava chegar em casa o quanto antes, então pensei: "ah, eles sempre comemoram o dia de Cosme e Damião lá embaixo, certeza que devem estar deixando vários doces lá".

    Nem precisa falar o resto, né, amiga? Mas tudo bem, vai! A senhora na igreja me deu um sermão (a palavra se justifica, aqui. Lembrou Padre Antônio Vieira, mesmo!) e disse que minha intenção "não era de Deus". Pediu que eu me retirasse, e disse que não poderia aceitar meu pacote. Detalhe: a igreja estava repleta de alimentos!

    Voltando para casa, muito triste, logo pensei que minha intenção estaria sendo observada, o que me confortou. O pacotinho ainda está em casa, e assim que puder, vou distribuir os docinhos.

    Entendimento, amiga, realmente é fundamental! Adorei o paralelo entre a linguagem do seu filho muitas vezes incompreendida por você (deve ser difícil o vocabulário dos engenheiros, mesmo! Admirável).

    Se é sobre entendimento que estamos falando, SEI que seus textos são uma porta aberta para ele. Te entendo, me entendo, entendo a Umbanda, entendo a vida a cada leitura. E não vejo Entendimento como algo que tenha fim. Graças a Deus! Saravá! :)

    Lindíssima semana,

    Marcela Marcos

    ResponderExcluir
  20. bom dia querida amiga, lendo o seu texto lembrei da minha professora do coração, quantas vezes ela saiu , arrastando-me pelo braço, sempre estava soltando minha pipa, essa professora, Maria ela não só me ensinou a ler e escrever, mais min ensinou muito para a vida, tantas coisas tantas histórias, eu não lembro muito bem dos outros professores, mais muitos dos ensinamentos dela, eu faço deles meu ensinamento para minhas filhas, sempre que preciso usar um nome, exemplo no email de recuperação tem o nome dela, ela me ensinou até para minha vida espiritual, uma pessoa fantástica na verdade uma lição de vida, ela também é espirita..

    ResponderExcluir
  21. Bom lembrar que milagres acontecem a cada segundo e pouco antes de responder ao seu post recebi essa mensagem:
    "Com quem se parecem os anjos



    Com aquela velhinha que devolveu sua carteira outro dia?

    Com aquele motorista que disse que seus olhos iluminam o mundo quando você sorri ?

    Com aquela criancinha que lhe mostrou a maravilha das coisas simples?

    Com aquele homem pobre que lhe agradeceu a esmola com o olhar mais grato possível?

    Com aquele homem rico que lhe mostrou que tudo é possível se você apenas acreditar?

    Com aquele estranho que apareceu bem na hora em que você estava perdido?

    Com aquele amigo que lhe tocou o coração quando você pensava que não tinha amigos para ajudá-lo?

    Com o sorriso de bom dia dado por algum desconhecido?

    Os anjos aparecem em todos os tamanhos e formas, todas as idades e tipos de peles.

    Alguns têm sardas, outros têm covinhas...

    Alguns têm rugas e outros não.....

    Eles aparecem disfarçados como amigos, inimigos, professores, estudantes e etc.

    Eles não deixam endereços e nada pedem em retorno.

    Às vezes usam chinelos, não mostram as asas.

    Outras vezes pedem para lavar e passar..

    Eles são difíceis de achar quando seus olhos estão fechados.

    Mas estão em toda parte quando você escolher vê-los.
    "

    ResponderExcluir