quarta-feira, 12 de maio de 2010

A Verdade está lá fora?



Há alguns anos li um livro muito interesante chamado "O Mago de Strovolos" de Kyriacos Marquides. O Mago realmente existe e é chamado no livro de Daskalos, que é a palavra grega para professor.
Ele faz na Grécia algo parecido na essência com a Umbanda. Ensina a trabalhar com a energia. O que me chamou a atenção e que me fez rir também foi uma passagem sobre um aluno dele. Daskalos ensinou a formatar mentalmente a energia para os mais diversos fins. Um desses alunos mais aficcionados resolveu que iria por conta própria fazer um cão para proteger sua casa. Aventou a possibilidade de que seria útil e não teria transtornos como o de dar alimentação e limpar os "resíduos".
Imaginou o cão mais violento do mundo e o construiu mentalmente.O resultado foi inevitável: os vizinhos começaram a escutar uivos na madrugada e o próprio aprendiz foi atacado por esta força que construiu. Daskalos relata que então teve que desfazer com muito sacrifício a "burrice" que o aluno formatou e expulsá-lo do grupo para que não trouxesse mal maior aos outros e a si mesmo.
Quando uma pessoa descobre seu potencial energético em qualquer religião se deslumbra. A pincípio, acredita que pode dividir isto com todo mundo. Tem um amigo meu que há tempos atrás veio me pedir um conselho: o filho que havia adotado a fé evangélica há menos de um ano, achou que poderia começar a praticar livremente seus dons e foi ajudar uma pessoa que estava 'possuída" por uma energia ruim. O filho dele é um menino alto e forte. Se achou realmente poderoso por sua condição física e o conhecimento que possuía. Resumindo: apanhou e feio da "possuída" , uma pessoa franzina de 1,60m. Conseguiu um olho roxo, uma fratura na costela e um xingão do pastor.
Numa gira, seu João Boiadeiro falou que é melhor sacrificar um boi do que ver a boiada estourar. Fiquei aqui imaginando que esta situação macro pode ser resolvida no micro também.
Nós construimos nossa existência baseados em nossos pensamentos. São eles que delineam principalmente a nossa saúde. Saúde num aspecto amplo que atinge todos os setores. Seus pensamentos tem formas, cores e vibração. É algo que sai de você e encontra respostas do lado de fora, e fatalmente volta. Um cientista japonês chamado Masaru Emoto fez experiências com moléculas de água. Nas fotos que postei aqui, a primeira se refere a uma molécula de água normal e a outra uma molécula de água transformada pelas palavras proferidas por uma oração.
Se os seus pensamentos estão se rebelando, feito um touro selvagem, salve o resto da boiada direcionando o seu pensar para a luz. Vamos usar da humildade, do respeito e do amor para transmutar nosso caminho.

7 comentários:

  1. Belo texto amiga, sempre muito bom voltar em seu blog, parabêns ótimas postagens como sempre.

    ResponderExcluir
  2. Nós construimos nossa existência baseados em nossos pensamentos.

    Mais um brilhante texto da minha Deusa, amiga de todas as horas!!!
    Te amo muito amiga, e você tem sempre razão, (quase) pra seu Ego nao inflar muito rsrsrs, brinqs, você é minha conselheira e tutora espiritual, minha mãe te ama!

    Beijos nesse coração que só tem e fa o BEM!!!
    SARAVA!

    @carlafloresadv

    ResponderExcluir
  3. Eu estou sempre a passar por aqui também!
    Interesso me muito pela Umbanda, mas sou contrário aos princípios de sacrifício animal.
    Adorei as palavras!

    ResponderExcluir
  4. Lipca, Fábio e Carla muito obrigada pelo apoio. Painho nem preciso dizer que grande parte do que sou devo ao senhor. Marcelo meu amigo na Umbanda não há sacrificio animal, e obrigada por suas visitas!

    ResponderExcluir
  5. Andréa, mais um lindo texto!

    É sempre muito enriquecedor passar aqui em seu blog e ver matérias que nos levam a refletir sobre o pensamento humano.
    Adorei o final da matéria:
    "Vamos usar da humildade, do respeito e do amor para transmutar nosso caminho."

    Vou deixar aqui o endereço de minha coluna sentimentos em versos:
    http://sandracajado.com.br/category/colunas/fabio-luis-sentimentos-em-versos/

    Abraços

    @fabiofloresta

    ResponderExcluir